Pesquisar
Close this search box.
09. Demissão pelo empregador

FGTS – multa de 40%

A multa de 40% do FGTS em caso de demissão sem justa causa está prevista na Constituição Federal. Ela é calculada sobre todos os depósitos e correções realizados durante o contrato de trabalho, mesmo que nesse período tenha havido saque (por aposentadoria, compra de casa própria etc).

Por esse motivo, o extrato de FGTS emitido pela CEF dispõe das duas informações: o saldo atual e o saldo para fins rescisórios. Esse último serve como referência para o cálculo da multa, porque desconsidera todos os saques, como se eles não tivessem ocorrido.

A multa é depositada na conta vinculada de FGTS.

Conheça outros direitos

Licença para congresso do SINPRO e assembléia
As Convenções e Acordos Coletivos garantem abono de falta para comparecimento a assembléias e Congresso no Sinpro.
Multa de 40% em caso de demissão sem justa causa
A multa de 40% do FGTS em caso de demissão sem justa causa está prevista na Constituição Federal. Ela é...
Licença gestante
Tem duração de 120 dias e pode ser requerida entre o oitavo mês de gestação e a data de parto....